Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Bucha a Estica

De Bucha a Estica

TREINO #8

Ainda ontem à noite estava no ginásio e hoje de manhã estava outra vez!

(parece aquela esta música)

Estarei a ficar obcecada?

Não!

Tinha treino marcado com o Daniel! :-)

Este treino foi muito válido, principalmente para me ajudar em alguns erros que estava a fazer e delinearmos planos de futuro.

Custou-me tudo tannnnnnnto!

Mas soube-me muito bem!

Tour foi:

Passadeira

Leg (máquina de pernas)

Agachamentos

Mais um tipo de agachamentos que ainda não sei nome

2 máquinas de braços

1 máquina abdominais

Abdominais no tapete

 

Alongamentos!

E fugir para longe do Daniel antes que se lembrasse de mais alguma coisa! :-p

 

Fui à balança e apesar dos resultados não serem brilhantes, houve uma parte que ficamos satisfeitos. (vejam aqui).

 

 

Coisas que valem a pena serem vividas no ginásio:

  • Hoje estava um senhor idoso a treinar com uma alegria e brilho nos olhos que me deixou de coração cheio. Depois ainda me cruzei com ele na saída e aquele ar de feliz. Tão bom!

 

Motivação (0-5): 3

Música:

 

Pensamento:

 

TREINO8.png

 

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

 

 

 

 

 

ESTADO DA ARTE #3

(a comparar com Estado da Arte#1, foi na mesma balança)

 

Dia: 28 de Agosto de 2015 (1mês – 2 semanas de treino)

Hora: 10h30

Roupa: calças de lycra, t-shirt e ténis de treinar

Peso: 86,6 Kg (+ 800gr)

Altura: 1,68 Cm (roubei 1cm)

IMC: 30.7 (+0,7)

FAT%: 43,9% (-1,3%)

FAT MASS: 38 Kg (-800gr)

Medidas Cintura: 91 Cm (-1 cm)

Medidas Zona Abdominal: 109 Cm (+1 cm)

Medidas Ancas: 113 Cm (-1 cm)

 

 

Estado de espírito: Sinceramente e estranhamente o peso ter aumentado não me deitou a baixo, se bem que não era preciso levar esta chapada!

Mas o que mais preocupa, a percentagem de massa gorda no corpo baixou cerca de 1,3% em duas semanas treinos, ou seja, com 8 treinos.

ESTADO DA ARTE 3.png

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

DESABAFO#16

Hoje tive treino com o Daniel.

9h45 lá estava eu!

Muito cansada e mais uma vez com uma noite mal dormida.

Era o meu 4ºdia no ginásio esta semana.

Rever o plano de treino e rectificar alguns erros que andei a fazer esta semana.

Lição a reter:

Ter atenção às cargas excessivas, é preferível aumentar o número de repetições.

A importância de respirar bem.

Não deixar de fazer os exercícios das pernas que me põem quase a chorar, mas sim, arranjar formas de os fazer sem me dar tantas dores.

Este tipo de informação só se tem de quem percebe.

É inevitável.

A importância de treinar com alguém que domina o assunto é isto mesmo.

Este treino custou-me muito.

Obviamente!

Ainda ontem à noite estava no ginásio e hoje de manhã outra vez.

Mas a verdade é que entrei no ginásio triste e com as lágrimas a querer sair e saí de lá muito mais animada.

Fui à balança e conto tudo no Estado da Arte#3.

Agora fim-de-semana é sinónimo de descanso e namoro!

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

Motivação (0-5): 4

Música:

 

Pensamento:

 

DESABAFO 16.png

 

TREINO #7

Ao fim do dia, muito cansada e a arrastar-me lá fui eu!

Sem vontade alguma...

E com as dores ao rubro...

Mal comecei na passadeira, ainda nem tinha feito 2 minutos e já estava em sofrimento.

Depois fui “brincar” para as máquinas e até me diverti.

Diverti e sofri! Ahahah!

Como estava num dia mais em baixo psicologicamente vinguei-me nos pesos das máquinas...

Mas já percebi que não fiz bem, por isso, se me estiverem a ler:

“Não se armem em Arnold Schwarzenegger!”

Assim evito lesões até porque dores não preciso de mais!

Baldei-me aos agachamentos porque só de fazer um... correm-me as lágrimas!

Amanhã tenho treino de manhã, por isso, não abusei muito.

 

 

Coisas que valem a pena serem vividas no ginásio:

 

  • Uma das partes boas de ir acompanhada ao ginásio é haver partilha de experiências nas máquinas. Gosto tanto! :-)

 

Motivação (0-5): 3

Música:

 

Pensamento:

 

TREINO7.png

 

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

 

 

 

 

NA COZINHA#2

Muito tenho falado nas minhas dores nas pernas e consequentemente do meu maior e melhor aliado:

 

GENGIBRE

 

Sou fã de gengibre!

O gengibre é uma raiz que oferece uma série de benefícios para a nossa saúde e, que a fazermos dele um aliado, ficamos muito mais saudáveis.

 

Costumo comprar nas grandes superfícies comerciais e o preço é cerca de 4 eur/Kg.

 

Eu tenho o hábito de consumir gengibre, mas nesta fase que tenho tido muitas dores musculares, o seu poder anti-inflamatório ajuda-me no alívio da dor.

 

Para além disso é um reforço ao sistema imunitário.

 

Nesta fase consumo assim:

 

Chá de gengibre:

 

Coloco 5 cm (+-) numa canela e por cima água a ferver, deixo arrefecer e tomo frio.

Depois vou variando, há dias que ponho um pau de canela, outros uma saqueta de chá verde, cavalinha, tília (o que me apetecer) e adoço com uma colher de mel.

gengibre.JPG

 

 

Nota: a fotografia não está fantástica, prometo um dia fazer fotos melhores! ;-)

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

DESABAFO#15

Se me apetecia ir? Mesmo nada.

Mas fui!

As dores misturados com uma noite mal dormida com problemas difíceis por resolver, não me apetecia nada.

Mas fez-me bem ir.

Vinguei-me em algumas cargas mais pesadas (não pretendo repetir a gracinha para evitar lesionar-me).

E hoje já posso dizer: SIM ao Desafio#1!

Quer dizer...

Vamos ver:

  1. Beber todos os dias 1,5l de água. (sem contar com a água que bebo no ginásio) – CHECK!
  2. Ir 3 X Ginásio / Semana – CHECK!
  3. Dormir 6/7h – dia – PRATICAMENTE CHECK!

 

Não foi a 100% mas quase! Sinto-me bem por não ter falhado, mesmo nem sempre tendo sido fácil.

Sai mais uma vez de rastos... mas com aquele sentimento de missão cumprida!

Um dia de cada vez...

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): 4

Música:

 

 

Pensamento:

 

DESABAFO15.png

 

 

 

 

 

 

 

DESABAFO#14

Já começa a ser chato começar todos os textos a dizer que tenho dores, mas faço-o por 2 motivos:

 

  1. Porque tenho realmente muitas dores.
  2. Porque talvez tu que me estejas a ler estejas neste momento e eventualmente a passar pelo mesmo, possas sentir que não estás sozinha/o.

 

Esta semana tem sido duríssima a nível emocional.

Tenho em braços aqueles problemas tão duros que nem resolução têm.

Só o tempo pode ajudar.

E vai ajudar.

Eu sei, que seu eu esperar... coisas boas vão acontecer!

Até lá faço um esforço monumental para não perder o foco e me afundar a comer porcarias só para me vingar em mim e das minhas más decisões.

Descobri que não gosto tanto de mim como deveria.

E ando a procurar-me.

Ando a trabalhar no meu interior a par com o exterior.

Se tem sido fácil?

Nada!

Dores físicas do ginásio.

Dores emocionais provocadas pela vida.

Luta... rema...aguenta!

Para a frente é que é caminho.

Ninguém disse que era fácil...

E não é!

Obrigada a quem está do meu lado para me dar apoio.

À frente para me mostrar o caminho.

E atrás para me empurrar sempre que começo a fraquejar.

Juntos somos mais fortes.

Amanhã será um dia melhor.

Hoje vivi um momento único de superação no treino, falo desse momento no treino#6.

 

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): 4

Música: 

 

 

Pensamento:

 

DESABAFO14.png

 

 

 

 

 

 

TREINO #6

Bora!

Esta é a palavra de ordem!

Cada vez mais o pensamento “ir ao ginásio” deixa de ser aquele drama que era.

Eram perto das 20h quando entrei no ginásio.

Treinei quase 1h.

Já tinha escrito aqui que odeio correr, mas que estranhamente as últimas vezes que andei na passadeira apetece-me acelerar e correr.

Nunca o fiz.

Até porque as dores não o permitiram e porque já não corro há muito tempo.

Hoje fiz.

Acelerei e corri.

Foram 2 minutos.

Eu sei que é pouco.

Mas a sensação de superação é tudo.

Dei tudo!

Corri!

Senti-me tão bem.

Quase me saltava o coração.

Das pulsações e de emoção.

Ainda bem que o fiz.

Hoje depois de falar com o Daniel percebi que tenho que ter calma e talvez hoje já não corra.

Mas soube-me bem.

Precisava dessa alavanca.

Ufaaaa.... consegui!

E hoje lá vou eu outra vez!

 

 

 

Coisas que valem a pena serem vividas no ginásio:

 

  •  A superação que vivi hoje na passadeira. Impagável!
  •  Encontrar atletas que treinam com o mesmo treinador que treinei há muitos anos e comparar histórias de hoje e do passado! Muito bom!

 

Motivação (0-5): 4 (dei tudo!)

Música:

 

Pensamento:

 

TREINO6.png

 

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

 

 

 

NA COZINHA#1

Todas as comidinhas que partilhar são confeccionadas por mim e feitas com muito amor! :-)

 

Para o jantar de ontem escolhi...

ALHO FRANCÊS À BRÁS

 

Gosto muito!

E aqui em casa também gostam muito!

 

Fica aqui a receita:

 

Ingredientes:

 

2 alhos franceses grandes(só a parte branca, a rama aproveito para sopa)

½ pimento vermelho

1 cebola

6 ovos (podem por menos ou mais, fica a vosso gosto)

Azeite, leite, molho de soja, salsa, coentros, pimenta, cebolinho q.b.

 

Preparação:

 

Cortei os alhos franceses em rodelas, o pimento em cubos e a cebola finamente em meias luas.

Bati os ovos e juntei um pouco de leite.

Numa frigideira, aqueci o azeite.

Depois juntei a cebola até alourar.

De seguida, entrou o pimento, coentros e salsa para dar sabor.

Depois entrou o alho francês e deixei cozinhar até ficar com aquela cor translúcida.

Salpiquei com um pouco de molho de soja e pimenta.

Juntei os ovos e misturei com cuidado de forma a envolver o preparado todo.

Tirei do lume e polvilhei com pimenta e cebolinho cortado aos pedacinhos.

 

Acompanhei com uma bela salada de alface.

 

Fica aqui a melhor fotografia possível de alguém que estava com muita fome e cheia de vontade de atacar o prato! ;-)

 

alho frances1.jpeg

alho frances2.jpeg

 

 

Nota1: quem quiser acrescente sal.

Nota2: o copo de vinho é de propósito e real, porque de facto, acompanhou o meu jantar de ontem e soube-me muito bem. Era dia especial!

Nota3: rende cerca de 3 refeições.

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

DESABAFO#13

Durante a minha vida, nunca fui uma pessoa de grandes excessos, ou de me sentar no sofá com um balde de gelado a ver filmes.

Não apreciava doces, chocolate nem podia com o cheiro...

Enfim, era uma enjoadinha! :-)

Mas à medida que a vida foi mudando e os problemas chegando, as coisas mudaram completamente.

Principalmente na alimentação.

Eu não sei definir se comia por compulsão, sei sim, que comia coisas más para me fazer mal por alguma decisão errada que tinha tomado.

Usava a comida para me castigar.

Ainda hoje de vez em quando o faço.

Assim como as vezes que faltava ao ginásio era como punição.

Para me castigar.

Obviamente falta de amor próprio.

E falta de amor mesmo.

Mas isso são outros 500!

Então vou começar a partilhar algumas receitas do que como.

Não pretendo ser uma obcecada (no bom sentido) de contar as calorias e essas coisas todas, mas tenho algum cuidado quer com os ingredientes como o modo de confecção.

Como estou hoje?

Feliz.

Em relação às dores nas pernas?

Muitas! Mas espero vingar-me no ginásio mais logo! :-)

 

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): 3 (sinto-me bem)

Música:

 

Pensamento:

 

 

DESABAFO13.png

 

 

 

 

TREINO #5

Como já disse no desabafo #12 hoje o treino começou cedinho.

Às 7h já lá estava.

Confesso que desde que treinei a meio da manhã que prefiro esse horário a este.

Talvez porque não gosto de comer e seguir logo para o ginásio.

Começo também a gostar do horário da noite, já não entro em pânico das pessoas olharem para mim (que nem deve acontecer mas o meu psicológico diz que sim) e verem a degradante forma física que tenho (isto deve ser cabeça de ex-atleta a funcionar).

Mas o treino correu bem!

Já apetece aumentar alguns pesos e velocidades.

Confesso que os agachamentos ainda me matam e me fazem tremer das pernas como nunca na vida me tinha acontecido.

Mas o que tem que ser, tem muita força.

Baldei-me à bicicleta final porque já estava acabada!

Compensarei noutro dia.

 

 

 

Coisas que valem a pena serem vividas no ginásio:

 

  • Hoje revi-me num rapariga que estava a treinar. Possivelmente estava a ter o 1ºtreino. Estava tão insegura. Sempre a olhar à volta e a tentar passar invisível pelas pessoas. Sorri-lhe. Não é caridade. É cumplicidade. Eu sei o que ela está a sentir.

 

Motivação (0-5): 3

Música:

 

Pensamento:

 

TREINO5.png

 

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

 

DESABAFO#12

3ªfeira – 7h!

Check!

Estou a conseguir arrancar todos os fantasmas que me assombravam cada vez que pensava que tinha que ir ao ginásio.

Era a única hora que podia ir... e fui!

Como digo no treino#5 prefiro treinar a outras horas, mas quando não posso, tenho que ir seja a que horas for e não arranjar desculpas.

Estive três dias sem treinar e as dores nas pernas hoje após o treino eram mais que muitas, mas em compensação o espírito estava como novo.

Ontem tive um dia extremamente doloroso a nível emocional e hoje senti que o ginásio me estava a ajudar a resolver essas questões emocionais.

Saí cansada mas mais tranquila.

O Daniel voltou!

Não fiz treino com ele e como já tinha escrito ia-lhe enviar um email com um ponto de situação da semana anterior.

E no meio da resposta, vem a frase que às vezes passamos uma vida inteira e não ouvimos/lemos:

“Fico orgulhoso de ti, ao ver-te batalhar, mesmo com dores, para não desistires nesta fase, que sabíamos que assim seria.”

E depois disto o que se pensa?

VALEU A PENA!

Obrigada!

 

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): 3

Música:

 

Pensamento:

 

DESABAFO12.png

 

 

 

 

DESAFIO#1

Como já disse anteriormente, toda esta caminhada, ainda que curta tem sido um desafio. A vários níveis. Principalmente nas dores. Ir treinar com dores tem sido um constante desafio.

Outro desafio que me acompanha em cada treino é eu ser uma ex-atleta e hoje ter um treino muito leve e mesmo assim tão difícil para mim.

É duro aceitar a realidade mas tem que ser.

Só aceitando a realidade tal como é, posso ultrapassar os medos e conquistar pequenas vitórias até atingir o objectivo guru de ser saudável.

Então decidi desafiar-me mais, mas desafios atingíveis e não objectivos sonhadores que depois me façam sentir a frustração.

Tal com diz o hashtag #UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais vou fazer desafios pequenos para começar a fazer pequenas mudanças em mim.

O desafio maior não é mudá-las, é mante-las!

 

Então o desafio#1 será:

 

Objectivo:

  1. Beber todos os dias 1,5l de água. (sem contar com a água que bebo no ginásio)
  2. Ir 3 X Ginásio / Semana
  3. Dormir 6/7h - dia

 

DESAFIO1.png

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

 

DESABAFO#11

As dores continuam.

Menos que na semana passada.

Em todos os minutos me lembro do esforço monumental que estou a fazer.

Mas tem que ser assim.

Se desisto à primeira contrariedade nunca chegarei a lado nenhum e continuarei a queixar-me de tudo e não faço nada por isso.

Fim-de-semana dei folga ao ginásio, não consegui arranjar tempo para ir.

Mas até me apeteceu!

E agora começa mais uma semana e já escrevi na agenda:  ginásio em 3 dias.

Hoje não será um desses dias, mas amanhã bem cedo lá estarei.

Não me voltei a pesar nem tão pouco a medir, por isso não faço ideia se uma semana já faz diferença nesse sentido.

Mas já me sinto diferente.

Mais activa.

Mais feliz.

Com mais vontade de fazer coisas.

Sinto-me orgulhosa por ter conseguido ido três vezes na semana passada, mesmo estando praticamente a ganir de dores.

Vou mandar um email ao Daniel com o ponto de situação.

Sinto-me com vontade de continuar.

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

Motivação (0-5): 3

Música:

 

Pensamento:

 

 

DESAFIO11.png

 

 

TREINO #4

Se tivesse que escolher um verbo para o treino de hoje seria: rebentar

Estou toda rebentada!

Sai do treino completamente estafada!

E a sensação não podia ser melhor.

Hoje era um dia que eu não tinha agendado vir ao ginásio.

Mas decidi que tinha que vir e vim.

Sabe duplamente bem.

Consegui inverter o estado psicológico que me dizia que hoje não iria treinar e cheguei ao ginásio e fiz o meu melhor treino desta semana.

Eu não gosto nada de correr e já é a 2ªvez que estou na passadeira e dá-me vontade de correr, o ginásio provoca em nós sensações estranhas... mas boas!

Continuo com o chá de gengibre e com as dores nas pernas, mas já bem menos dores do que no início da semana.

Ainda bem que decidi ir treinar esta semana.

No fim da primeira semana o sentimento é: missão cumprida!

YES!

 

 

Coisas que valem a pena serem vividas no ginásio:

 

  • O convívio entre as pessoas que treinam às mesmas horas faz-me lembrar as aulas de educação física em miúda! Boa onda!

 

Motivação (0-5): 4

Música:

 

Pensamento:

 

TREINO4.png

 

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

DESABAFO#10

Ontem não fui.

Queria ter ido.

Planear tudo nesse sentido.

E por um problema pessoal deixei cair a ida ao ginásio.

Quase como vingança de me ter chateado.

Quero muito mudar isto e não deixar que nada abane as minhas idas ao ginásio.

Interiorizar de uma vez por todas o quão importante é o ginásio na minha vida.

E principalmente o quão gosto de ir.

Mas hoje fui e isso é que interessa.

Não me organizei para ir, mas acordei e disse: Eu vou!

E fui!

E sai de rastos.

Hoje foi à séria!

Que bom!

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): 4

Música:

 

Pensamento:

 

DESABAFO10.png

 

 

 

TREINO #3

Lá fui!

Cheia de dores e de confiança que se treinar mais as dores diminuem.

Assim espero.

Nos agachamentos são dores dignas do inferno.

Mas foram feitos, tal qual estão escritos no plano.

Hoje já me apeteceu aumentar a velocidade e inclinação da passadeira.

Já me apeteceu sentir mais esforço.

Mas sei que tenho que ir com calma.

Tenho que ter em mim sempre presente a frase da tartaruga:

Não interessa a que velocidade te movas, desde que te movas.

Por agora, é assim que penso, mais para a frente será diferente.

Um dia de cada vez e todos os dias um bocadinho mais.

Agora gelo, chá de gengibre e pomada...

E muita coragem!

 

 

Coisas que valem a pena serem vividas no ginásio:

 

  • Senhoras sentadas nas máquinas a conversarem como se tivessem no café e no meio de um sorriso maroto dizem-me: “Se quiser pode vir a esta máquina, vós estamos pra’qui a conversar e ainda não fizemos nadinha!)... valeu pelo sorriso e pela simpatia!
  • Gosto de passar pelas salas de aulas e ver tudo ao rubro lá dentro – dá-me uma vontade louca de abrir a porta e ir lá para o meio aos saltos!
  • Gosto da boa onda dos treinadores que andam pelo ginásio... cumprimenta-nos sempre com um sorriso como se fossemos amigos há anos! Pelo menos os que me cruzei até agora...

 

Motivação (0-5): 3

Música:

 

 

Pensamento:

 

TREINO3.png

 

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

DESABAFO#9

4ªfeira e o que dizia na agenda?

Ginásio!

Cumpri!

Continuo com muitas dores nas pernas.

Neste momento a vontade supera a dor.

Tem sido uma luta interior.

É claro que a vontade de ir é programada no cérebro, não é natural.

Ainda não é.

Espero que seja.

Está-me a custar.

Muito.

Mas o sentimento que estou a desafiar-me dá-me um gozo inexplicável!

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

Motivação (0-5): 3

Música:

 

Pensamento:

 

DESABAFO9.png

 

TREINO #2

Como já escrevi aqui, ontem não consegui ir treinar.

Tinha me comprometido comigo mesma.

Não consegui.

Talvez tenha sido melhor, não comprometi o resto da semana.

E ontem lá fui.

Sozinha.

O Daniel está de férias.

Cheguei a coxear, mas cheia de vontade.

Estava pouca gente (o Agosto tem coisas boas) e ainda bem, porque ainda não me sinto confortável com pessoas perto.

Agarrei na ficha e ainda me lembrava de quase tudo.

Comecei a fazer tudo certo.

Comecei pela passadeira para o aquecimento e depois fui tratar de treinar as pernas, sempre com o meu peso corporal, nada de exageros.

E doeu tanto... tenho as pernas numa miséria.

Sinto que foi onde engordei mais e é onde o meu corpo mais reclama.

Depois tratei dos braços e abdominais e acabei na bicicleta.

Tive um cuidado extra nos alongamentos, porque queria minimizar ao máximo o risco de dores.

 

 

Coisas que valem a pena serem vividas no ginásio:

 

  • Estar a sair já tarde e parar para ver uma aula de kick boxing e o treinador, que era o mesmo que estava na sala das máquinas quando cheguei, dizer:

“Para a semana a esta hora há mais!”

Eu sei que ainda não será para a semana, mas um dia voltarei às aulas de combate! E darei tantos mas tantos socos no saco, só para matar saudades!

 

 

Motivação (0-5): 3 (com as pernas numa mísera mas com vontade)

Música:

 

Pensamento:

TREINO2.jpg

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

DESABAFO#8

3ªFeira – ginásio?

Check! Fui!

Coxa mas fui!

E senti-me bem por ter ido!

Já com menos dores, mas ainda muito aflita fui até lá cumprir as minhas obrigações.

Cumpri o meu plano sem excessos ou loucuras, tal como tinha prometido ao Daniel que o faria.

Confesso que os exercícios das pernas foram para lá de dolorosos.

Mas nada paga a sensação de dever cumprido.

Sair do ginásio suada e tomar um banho promove-me felicidade.

Agora: Aguenta!

As dores nas pernas aumentaram...

Pode ser que com o ritmo do treino, os músculos habituem-se a movimento e deixem de doer.

Ainda bem que fui.

Ainda bem que não tive pena de mim própria.

Ainda bem que sai da minha zona de conforto.

Se não tivesse ido, nunca sentiria esta sensação tão gratificante.

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): 3 (contente por ter ido)

Música:

 

Pensamento:

 

DESABAFO8.png

 

DESABAFO#7

Hoje é segunda-feira.

Hoje eu tinha escrito na minha agenda: Ginásio.

Mal consigo andar.

Sentar e levantar é horrível.

Nem consigo descer as escadas...

Não consigo ir.

Tenho receio de ir e piorar o quadro todo e ficar outra vez sem poder treinar durante tempos e tempos.

Apelei ao bom senso.

Confesso que me sinto frustrada.

Sinto que falhei.

Tinha escrito:

Segunda-feira – ginásio.

E não aconteceu.

Vou me focar em ficar boa, tomar os medicamentos, aplicar as pomadas e gelo e encharcar-me em chá de gengibre.

E dormir.

vou descansar que ajuda.

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): 1 (com dores mas a tentar manter o foco)

Música:

 

 

Pensamento:

 

DESABAFO7.png

 

 

 

DESABAFO#6

48horas após o primeiro treino e as dores são horríveis.

Totalmente insuportáveis.

E eu não sou de me queixar, mas as dores que tenho nas coxas são fortíssimas.

O corpo no geral dói-me, aquelas dores musculares típicas de quem é sedentária e fez um treino leve mas que me obrigou a mexer.

Mas nas coxas não é bem isso que se passa...

Dores de verdade...

Pomada, comprimidos, chá de gengibre, gelo, gel frio...

Mas não vou desistir...

Aguentar é a palavra de ordem!

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

Motivação (0-5): 1 (com dores mas a tentar manter o foco)

Música:

 

Pensamento:

 

DESABAFO6.png

 

TREINO #1

Tinha que acontecer...

Confesso que nos dois dias antes, este assunto de vez em quando vinha-me à memória e incomodava-me só de pensar...

Até à hora de ir não consegui arranjar nenhuma desculpa válida...

Tinha estado doente (de verdade, não desculpa) nas duas semanas antes, então ainda não me sentia no meu melhor.

Chegou a hora!

O treinador (Daniel) com a boa disposição de sempre, foi-me explicando o plano de treino.

É verdade que é muita informação, mas foi tudo muito bem explicado e repetido quantas vezes eu perguntei.

Mas também não será obrigatório decorar, porque está tudo escrito na minha ficha e qualquer treinador poderá ajudar.

Então e como correu?

Correu bem.

Gostei!

Comecei na passadeira para aquecer, depois diz um tour pelas máquinas (sete máquinas) onde trabalhei braços, pernas e abdominais.

Nesta altura, não consigo dizer o nome das máquinas, um dia pode ser que consiga. :-)

Mas também isso agora não interessa nada!

A ideia é não exagerar, mas obrigar o corpo a mexer-se.

Em todas as máquinas senti os músculos a dizerem “afinal estamos aqui”.

Este treino foi após uma consulta de nutrição que já falei (aqui), onde as informações que me foram dadas me deixaram francamente preocupada com a minha saúde, principalmente ao nível da percentagem de massa gorda que ronda os 49%.

Ou seja, quase metade do meu corpo é gordura...

Foi um balde de água fria, não que não estivesse à espera, mas quando se vê os números e se pensa no impacto directo que isso tem na nossa saúde e vida em geral, deixa-nos mais pensativos...

Por isso, comecei o treino a meio gás, mas rapidamente relativizei e com a ajuda do Daniel percebi que estava ali exactamente para inverter estes números e não para “chorar sobre o leite derramado”.

Entretanto perguntei:

“E aulas de grupo, quando posso?”

“Para já podes começar com yoga, pilates, body balance...”

“Reaaaaallllllly Daniel?!?!?!? E o body pump e zumba??”

“Olha vais ver que vai ser giro, vou contigo fazer um body balance...”

Depois desta resposta como ficar zangada?!

Impossível!

Ok! Embora lá então fazer o body balance!

 

Coisas que valem a pena serem vividas no ginásio:

 

  • Um senhor muito bem disposto e cheio de energia aos saltos na passadeira e com chuteiras calçadas! (adoro pessoas divertidas!);
  • Uma senhora (já com idade considerável) a dar uns passinhos de dança enquanto mudava de máquina (adoro pessoas felizes);

 

 

Motivação (0-5): 2 (com hipótese larga de subir para o 3)

Música:

 

Pensamento:

TREINO 1.png

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

ESTADO DA ARTE #2

Hoje foi dia de consulta com a nutricionista.

Os valores são mais reais dos que os que partilhei no Estado da Arte #1, e também bem mais deprimentes.

Aqui estão eles:

 

Dia: 14 de Agosto de 2015

Hora: 9h30

Roupa: calças de lycra, t-shirt e ténis de treinar

Peso: 86,8 Kg

Altura: 1,69 Cm

IMC: 31

FAT%: 49%

Gordura visceral: 9

 

Estado de espírito:

Vazia.

Fiquei triste.

Desanimada mas com a certeza que tenho que mudar.

49% de massa gorda ...

 

ESTADO ARTE 2.png

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

DESABAFO#5

Hoje voltei aos treinos depois de muito tempo parada (escrevi sobre isso aqui).

Antes do primeiro treino com o Daniel, tinha a consulta com a Dra.Lara (nutricionista).

Confesso que fiquei triste.

Triste comigo.

Como posso ter deixado a minha saúde chegar a este ponto?

Como posso ter permitido ter um corpo com quase 50% de massa gorda?

É verdade que não como muita coisa errada, mas a nutrição é uma ciência bem mais complicado do que parece.

É muito difícil fazer um balanceamento entre o que comemos e o que gastamos.

É mais ou menos como:

Temos que comer em equilíbrio com o que vamos gastar.

E não comer muito pouco a achar que se comermos pouco emagrecermos.

Nem o contrário. Óbvio!

O truque está definitivamente no equilíbrio e na criatividade.

Porque também não dá comermos todos os dias as mesmas coisas.

Vai-se transformar num sacrifício e nunca será um sucesso.

E a ideia principal é manter e reeducar a nossa forma de comer e não olhar para este plano como uma dieta pontual.

Foi duro... muito duro!

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): 0 (quase 1)

Música:

 

Pensamento:

DESABAFO 5.png