Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Bucha a Estica

De Bucha a Estica

Farinha, Flocos ou Farelo de Aveia?

aveia.png

 

A diferença dos tipos de aveia está em seu processamento.

A farinha de aveia é obtida da parte mais interna do grão, possuindo, assim, menos fibras e tendo um índice glicêmico maior. Usada nas receitas de pães, panquecas e bolos, sendo até uma alternativa à farinha de trigo.

Os flocos inteiros da aveia são prensados do grão inteiro. São extraídos do grão que é prensado integralmente — um processo que conserva seus principais nutrientes. Pode ser polvilhado sobre frutas, saladas e iogurtes.

O farelo de aveia (ou flocos finos, é a mesma coisa), passam por mais processamentos do que os flocos inteiros, usando mais a parte externa do grão, justamente onde está a maior concentração de fibras, principalmente a betaglucana que é a fibra responsável por se ligar ao colesterol no intestino e eliminá-lo pelas fezes. esse tipo provém da camada externa do grão e, por isso, possui maior concentração de fibras betaglucanas. Ideal para ser usado em massa de pães, bolos e companhia. É menos calórico, contém menos carboidrato, maior percentual de proteína e fibras, apesar de um pouco a mais de gordura.

Portanto, se você pensa em usar a aveia por causa das fibras, melhor forma de se consumir aveia é farelo de aveia ou flocos finos.

NA COZINHA #18

Aqui vai um jantarinho feito à pressa com o que havia à mão.

 

Eu sei que a fotografia não está grande coisa, mas acreditem que o sabor era mesmo muito bom!

 

couve.jpg

 

Ingredientes:

 

1 embalagem de frango desfiado (aqui)

abacate

Restos de feijão verde cozido

1 punhado de couve roxa

Tomates cherry’s

 

Preparação:

 

Escorri o frango e coloquei numa taça de vidro.

 

Descasquei e parti o abacate em pedaços.

Coloquei na taça.

 

Abri o frigorifico retirei o feijão verde que já lá estava do dia anterior, assim como a couve roxa ripada e juntei na taça.

 

Por fim, parti ao meio alguns tomates cherry e temperei com sumo de limão, cebolinho, pimenta e... voilá!

NA COZINHA #16

Não devo ser a única que de vez em quando tem aquele desejo monstruoso de comer chocolate!

 

E nesses dias aprendi a defender-me com esta receita que passei a adorar.

Mousse.jpg

 

Ingredientes:

 

2 abacates madurinhos

4 c.sopa d cacau magro em pó

Avelãs q.b.

Mel ou stevia q.b.

 

Preparação:

 

Trituro algumas avelãs (pode ser com nozes ou amêndoa) e reservo.

 

Junto os abacates e o cacau até ter aquela textura homogénea com a consistência de uma mousse.

 

De seguida adoçar com mel ou stevia a gosto.

Normalmente coloco mel (cerca de 3 a 4 c.sopa) e provo para ver se está a gosto.

 

Por fim, polvilho com a avelã triturada e levo ao frigorífico.

 

Ma-ra-vi-lha!

 

 

DESABAFO#28

Mais uma semana que começa!

Há cerca de 2 semanas deixe-me de me pesar com a frequência que pesava.

Senti que não me estava a fazer bem e cheguei até a ter pesadelos com a balança.

Neste momento estou à espera de uns resultados de uns exames médicos e tive que parar os treinos, por isso, a perda de peso é ainda mais difícil.

Mas sinceramente, o meu foco é saber os resultados desses exames...

Entretanto tenho mantido a dieta dentro dos possíveis.

Não sou de ferro e há dias mais fáceis que outros.

Nem sempre consigo fazer as refeições como gostaria, ou levar de casa.

Mas acredito que a longo prazo irei ver resultados.

Até agora tenho visto poucos ou nenhuns, mas como se diz:

Step by step!

 

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): ansiosa pelos exames

 

Música:

 

 

Pensamento:

 

28.png

 

 

NA COZINHA #15

Há uns tempo tinha falado dos Muffins de chocolate do bem, e hoje trago uma variante desses muffins!

 

muffins.jpg

 

Ingredientes:

 

1 maçã verde

Nozes q.b.

3 colheres de sopa de farinha de aveia integral

3 ovos

Canela a gosto

Para adoçar stevia ou mel q.b. (pouquinho)

 

Preparação:

 

Pré-aqueça o forno a 200 graus.

Pique as nozes num robot de cozinha ou com outro eletrodoméstico que faça o mesmo.

Corte pedaços pequenos de maça e coloque no fundo das forminhas de silicone.

Junte (às nozes picadas) os restantes ingredientes e envolva bem, até ficar homogéneo.

Coloque em forminhas de silicone em cima dos pedaços de maça, baixe o forno para 180 graus e leve-os a cozinhar durante 10 minutos.

Quando estiverem prontos, se gostar polvilhe com canela.

 

Gostaram? :-)

 

NA COZINHA #14

Tenho partilhado algumas coisas de frango e perú mas o que eu gosto mesmo é de peixinho!

 

Hoje partilho com vocês uma receita que tem tanto de simples como de saborosa!

 

IMG_3916.jpg

 

Eu sei que talvez tenha exagerado (ahahah) na quatidade de grelos, mas gosto tanto que não me controlei!

 

 

GRELOS:

Cozi ao vapor ao mesmo tempo que o peixe.

 

PEIXE:

Coloquei cada posta de peixe num quadrado de papel de alumínio e juntei rodelas de cebola e de alho francês, pedaços de tomate, coentros e manjericão frescos, um fio de azeite, pimenta e cebolinho seco.

Fiz os embrulhinhos e cozi a vapor.

 

Está pronto!

NA COZINHA #13

Outra vez arroz!

Nãoooo!

Outra vez perú!

Já tinha dito que perú é o meu segundo amor, logo a seguir ao frango.

E este almoço foi feito assim à pressa.

bife de frango.jpg

MASSA:

A massa já estava feita e congelada.

Cozi a massa integral como diz no pacote, com água, pouco sal e uma folha de louro.

Após estar cozida, escorri e deitei um fiozinho de azeite para não ficar toda colada, pimenta acaba de moer e bastantes oregãos (gosto muito).

 

BIFES DE PERÚ:

Fiz do mais simples possível.

Temperei com alho em pó, pimenta acabada de moer e limão.

Grelhei até ficar um pouco tostadinho.

 

ESPARGOS:

Como estava sem tempo, grelhei-os ao mesmo tempo que os bifes de perú.

Salpiquei-os com um pouco de sal grosso e pimenta acabada de moer.

No prato, reguei-os com bastante limão.

 

Acompanhei com tomates cherry ao natural.

 

Soube-me tão bem! :-)

NA COZINHA #12

Desde que comecei a jornada da alimentação saudável que decidi não comer com muita frequência (ou quase nenhuma) massas folhadas, quebradas e coisas assim dessa família.

 

E com esta decisão, decidi também que iria na mesma fazer as minhas quiches, que são super práticas de levar quando não como em casa, mas em formato saudável! :-)

 

É certo que não ficam tão saborosas como com aquela massa e os outros condimentos que também cortei, mas na minha opinião, ficam bem boas!

 

Então para hoje tenho para vos mostrar a minha receitinha de...

 

na cozinha 12.jpg

 

 

Ingredientes:

 

(para um pirex dos grandes)

5 ovos

125 gr de queijo ricotta

50 gr de queijo quark 0%

150gr cogumelos frescos (laminados)

2 latas de frango desfiado ao natural (aqui)

1 ramo de brócolos (pequeno)

½ cenoura

1 cebola

 

Preparação:

 

Comecei por escaldar os brócolos e a cenoura (para não ficarem rijos).

Pré-aqueci o forno a 200 graus.

Bati os ovos com o queijo ricotta e o queijo quark.

Piquei a cebola, a cenoura e separei os raminhos dos brócolos.

Escorrei as latas do frango.

Coloquei num pirex os ovos previamente batidos com os queijos, depois juntei todos os ingredientes.

Temperei com orégãos, cebolinho, pimenta e de seguida misturei tudo muito bem.

Baixei a temperatura do forno para 180 graus e levei ao forno cerca de 25 minutos, até ficar sólido e douradinho. (cuidado para não secar).

 

Salpiquei com cebolinho fresco e acompanhei com salada de rúcula e tomate cherry.

 

Gostaram?

DESABAFO#27

E o dia dos namorados lá passou...

Mais um...

Desde pequena que passava pelas montras nesta altura e derretia-me toda com os corações e ursinhos.

Sempre compreendi quem não gostava do mesmo que eu, e também nunca obriguei ninguém a gostar.

Mas sinceramente não me sinto pior que ninguém por gostar dessas coisas.

Ainda não vivi um São Valentim como sempre desejei.

Pensava que iria ser este ano, já que os últimos dois foram uma desgraça.

No ano passado fui trocada pelo Carnaval...

Há dois anos tive que encaixar que o facto de não ser importante para a outra pessoa...

Acreditei mesmo que este ano iria ser diferente...

Não foi...

Pijama e roupão foi assim que passei.

Quando as pessoas amam gostam de ser românticas (acho eu)...

Talvez falte isso...

Talvez falte o amor...

Dentro de mim há um mundo de esperança que tudo um dia mude, e que eu seja feliz como sempre quis ser...

Ou como já fui...

Faz hoje 10 anos que me pediram em casamento...

Estava numa cama de hospital...

Disse que não!

Às vezes penso: "O que seria a minha vida se tivesse dito que sim?"

Talvez devesse ter dito sim...

Ou talvez não.

Nunca vou saber.

As enfermeiras disseram todas que eu devia dizer sim, mas eu achava que sabia tudo da vida...

Agora tenho que viver o presente...

Tenho que ser responsável pelas escolhas que fiz...

Por todos os não's e sim's que fui dizendo...

Hoje não tive flores...

Mas há 10 anos tive o maior ramo de girassóis que alguma vez vi na vida...

Sou muito grata por muitos momentos que tive no meu passado...

Que nunca me falte a memória e que eu nunca me esqueça de momentos tão especiais que vivi!

A vida é isto tudo...

E para o ano...

Será melhor!

Será cheio dos tais corações e ursiinhos...

Vai ser sim!

 

E o vosso dia como foi?

 

Movimento:

#UmDiaDeCadaVezETodosOsDiasUmBocadinhoMais

 

 

Motivação (0-5): com o coração pequenino

Música:

 Pensamento:

Partido.png

 

NA COZINHA #11

Uma das coisas que me irritava na batata doce era o tempo que levava a cozinhar, até que me ensinaram este truque maravilhoso!

 

Batata doce no microondas!

 

É tão simples, tão rápido que até parece mentira, mas não é! :-)

 

Ingredientes:

 

1 batata doce

Papel de cozinha

 

Preparação:

 

Lavar muito bem a batata doce e manter a casca.

Picá-la muito bem em todo o lado com um garfo.

Enrole papel de cozinha na batata e molhe.

Leve ao microondas a 700w por 5 minutos.

Retire, tenha cuidado porque está muito quente e verifique (eu costumo espetar uma faca) se está totalmente cozida (se estiver mole, é porque está), se não volte a colocar e vá pondo minuto a minuto até verificar que já está cozinhada.

 

 

batata .jpg

 

 

Benefícios da Abóbora

Eu gosto muito de abóbora, mas antigamente só a usava em sopa, agora já comecei a “inventar” mais um pouco e coloco-a em ensopados, até já grelhei uma abóbora menina (das pequenas) e também já a recheei no forno.

 

Ficam aqui os benefícios:

ABOBORA FINAL ALTA.jpg

 

 

 

Fonte: está indicada na imagem

 

NA COZINHA #10

Perú é a segunda carne que mais como!

 

A seguir ao frango, é a que mais tento fazer invenções para nunca correr o risco de enjoar :-)

 

E no outro dia foi assim:

 

peru-cópia.jpg

Ingredientes:

 

Bifes de perú

Legumes para estufar (neste caso, abóbora, courgette, beringela, cenoura e cogumelos)

Temperos: alho em pó, gengibre em pó, caril, pimenta, azeite (uma colher de sopa) e cebolinho

 

Preparação:

 

Temperei os bifes com alho em pó, limão e pimenta.

Levei a grelhar.

 

Fiz um estufadinho com os legumes, ou seja, num tacho aqueci o azeite e juntei os legumes, deixei cozer em lume brando e juntei um pouco de água morna a meio para não agarrar. 

 

A meio do estufadinho, juntei o caril (se gostarem muito do sabor usam 2 colheres de sopa, eu só usei 1), o gengibre e temperei de pimenta e tapei sempre a cozinhar em lume brando.

 

E pronto!

 

Está feito! :-)

 

Acompanhei com uma salada de tomate, temperada de pimenta e limão e salpicada com cebolinho fresco!

 

(nesta altura ainda comia 2 bifes de perú, agora já reduzi para 1)

Pré-Treino e Pós-Treino

Este era um assunto que me assaltava várias vezes.

 

“Não podes comer lácteos antes de ires treinar...”

“Come um iogurte com fruta...”

“Come hidratos para te dar energia..”

 

Cada um com a sua ideia e eu sem saber ao certo o que fazer, então fui pesquisar.

Encontrei alguma informação.

 

Percebi que aquilo que como antes do treino influenciam a performance do treino.

E treinar sem comer antes é um erro! O corpo vai buscar a energia à proteína do músculo e assim ele (o nosso músculo) não cresce.

 

Então a alimentação pré-treino deve basear-se em hidratos de carbono de qualidade, assim como proteína magro, gordura vegetal e líquidos.

 

O objectivo de se comer hidratos de carbono antes do treino, é porque impedem que durante o treino o corpo utilize a proteína presente no músculo como fonte de energia e assim preserva o músculo.

 

Dentro dos hidratos de carbono, há o grupo dos simples e dos complexos.

Os simples são digeridos mais rapidamente e é preciso ter atenção ao aceleramento da digestão porque pode provocar oscilações dos picos/queda de energia e provocar tonturas. Os simples estão no pão branco, mel, açúcares, bolachas recheadas, etc.

Já os complexos (os que devem ser consumidos antes do treino), demoram mais a ser digeridos e evitam a tal oscilação e podem se encontrar: pão de centeio, pão de sementes, pão de malte, pão integral, cereais, massas, batata, milho, arroz, aveia, entre outros.

 

Outro factor importante são as horas das refeições pré-treino, ficam aqui alguns exemplos:

 

Para comer antes de treinar - 1h30-2h antes:

 

1 fruta + 1 iogurte magro + flocos de cereais integrais

 

Ou...

 

1 fatia de pão escuro com doce + sementes

 

Ou...

 

1 batido de fruta com flocos de aveia cozinhados + sementes

 

Ou...

 

1 queijo magro + 1 peça fruta

 

Ou...

 

Barras de cereais sem frutos secos + iogurte magro

 

Ou...

 

1 Pão (centeio, sementes, Mafra ou malte ou integral) com mel ou 2 fatias de fiambre de peru/frango ou 1 triângulo da vaca que ri light ou 1 fatia de queijo tipo flamengo ou 1 queijo fresco pequeno magro + iogurte magro

 

 

Para comer antes de treinar - 30 min antes:

 

1 peça de fruta

 

Ou...

 

1 sumo de fruta

 

Pode acompanhar qualquer uma destas refeições com chá verde ou preto, porque ajuda a acelerar o metabolismo.

 

 

E depois do Treino – logo a seguir a acabar o treino:

 

1 ovo cozido

 

Ou...

 

1 banana

 

Ou...

 

1 iogurte com cereais

 

Ou...

 

1 gelatina

 

E depois do Treino – passado 1h30-2h:

 

Depende da hora que treinar, mas se tiver uma refeição principal pela frente, deve consumir hidratos de carbono complexos ( evitar os simples) para recarregar a fonte de energia e proteína novamente.

E quanto à proteina: claras de vovo, atum em água, fiambre de péru, legumes verdes, queijo fresco.

 

treino.png

  Fontes: várias informações na Internet

TREINO #12

7h05 já estava a entrar no ginásio!

É verdade que prefiro mil vezes treinar de manhã do que de tarde.

Ao fim do dia, sinto contraproducente... o corpo já me pede descanso e eu obrigo-o a esforçar-se.

Fiz um treino curto mas intenso.

Fiquei dorida mas soube-me bem!

 

 Coisas que valem a pena serem vividas no ginásio:

 

-Olhares cúmplices entre pessoas que partilham provavelmente os mesmos medos em silêncio... Senti uma certa cumplicidade com uma rapariga que estava na passadeira ao meu lado a olhar de lado, sem dar nas vistas, para os “prós” do fitness que lá estavam todos derretidos ao espelho a tirar umas selfies.

 

Motivação (0-5): 4

Música:

 

Pensamento:

Estado.png

 

COMPREI E GOSTEI #2

Hoje venho falar de um chá tão mas tãooooo bom!

 

A primeira vez que provei foi um amigo meu que me ofereceu umas saquetas para provar, e adorei.

 

Como adorei venho partilhar convosco.

 

Para além de ser muito bom tem muitos benefícios para a saúde.

 

Chá de Ervas com Gengibre e Rosa - Rose Wisdom

 

Cha1.png

Cha2.png

 

 

Cada caixa tem 20 saquetas e custa 4,5 Euros (cerca de 0,22 cêntimos por saqueta), é certo que a maioria dos chás que consumo são mais baratos, mas às vezes gosto de me dar a este “luxo”.

 

Vende-se aqui Rituals.

 

Por estes motivos todos está... 

Aprovada.png

 

ESTADO DA ARTE #6

Aqui estou eu para vos contar como correu a minha última pesagem.

Já estava à espera que não corresse muito bem, até já tinha partilhado convosco...

 

Data: 31 Janeiro

Peso: 88,100 Kg

Peso da semana anterior: 88,200 Kg

Peso perdido: 0,100 Kg

Peso perdido desde 10 de Janeiro: 1,400 Kg

 

Resumo do mês de Janeiro:

 

Peso perdido: 1,400Kg

Idas ao ginásio: muito menos do que as que gostaria de ter ido

Estilo de vida: sinto-me bem, sinto que faço as digestões muito melhor e tenho gostado de aprender mais sobre alimentação saudável. Sinto ainda que o meu estômago já se começou a habituar e tenho tido menos fome.

 

Entretanto, ando a sentir-me muito cansada e já marquei uma consulta para fazer análises.

 

Estado de espírito:

Aceitar...

Estado.png

 

NA COZINHA #9

Para além de adorar cogumelos como já disse em post’s anteriores, há mais dois coisas que fazem parte do meu trio favorito: espargos e salmão.

 

E este prato tem essa dupla maravilha!

 

Faço esta prato algumas vezes porque sinceramente... a-d-o-r-o!

 

Salmão.jpg

 

 

Cama de espargos com salmão grelhado:

Grelhei os espargos (salpiquei-os com sal e pimenta).

Grelhei o salmão temperado de pimenta e limão.

 

No fim parti os espargos em pedaços (às vezes já os cozinho assim) e deitei o salmão por cima, reguei tudo com limão e voltei a colocar pimenta e celobinho.

 

Acompanhamento:

Neste caso, tinha sobras do jantar do dia anterior.

Espinafres cozidos e temperados de pimenta.

3 rodelas de batata doce cozida a vapor

5 castanhas assadas

 

Acompanhei com salada de tomate cherry.

 

Estava um pitéuzinho :-)

CHÁ BRANCO

cha branco.png

 

 

Eu bebo muitos chás e ando a tentar conhecer mais um pouco sobre eles, para saber quais é que devo beber mais e quais que devo beber menos.

 

O chá branco é um dos meus preferidos, porque sou fã daquele sabor bom que tem.

 

Como não coloco qualquer tipo de adoçante ou açúcar, prefiro os chás (como este) que têm um sabor próprio muito agradável.

 

Porque se chama chá branco?

 

É produzido a partir das folhas novas e brotos, parte mais nobre da planta, que são colhidos antes das flores se abrirem. A coloração prateada desses brotos e folhas fez com que bebida recebesse o nome de chá branco. A planta não passa por fermentação e por isso conta com a ação antioxidante mais forte e menor quantidade de cafeína. Os processos para preparar a planta são a vaporização parcial e secagem ao ar na luz natural. 

 

Benefícios do Chá Branco:

 

*Protege a visão

*Previne o cancro

*Ajuda no emagrecimento

*Melhora o humor

*Previne doenças cerebrais

*Controla colesterol

*Tem forte poder anti-oxidante

*Anti-inflamatório

 

Normalmente coloco um pau de canela para atuar como termogênico natural, mas podem colocar gengibre que faz o mesmo efeito ou então juntar os dois.

 

Também podem bater no liquidificador uma chávena de chá branco com abacaxi ou melão e folhas de hortelã, também ajuda na perda de peso porque tem função diurética e a hortelã facilita digestão.

 

 

NA COZINHA #8

Este é um lanchinho que gosto muito!

 

E é do mais simples que há.

 

Sou louca por salmão fumado, então este lanche para mim é um verdadeiro regalo!

 

Galetta.jpg

 

 Ingredientes:

 

Galetes de arroz sem sal

Queijo Philadelphia Light

Salmão fumado

Cebolinho fresco

Pimenta q.b.

 

É fácil, basta barrar o queijo nas galetes e salpicar com cebolinho e pimenta e está feito!

 

Acompanho sempre com chá sem açúcar. 

 

 

Granola

granola.png

 

 

 

Nos últimos tempos fartei-me de ouvir falar da granola, mas eu não fazia ideia do que era.

 

Lá fui eu para o Google pesquisar.

 

E como sempre, “n” informações contraditórias, ora é saudável, ora não é...

 

Então na wikipédia diz que:

 

A granola consiste de uma mistura de frutas secas , grãos (fibra de trigo, aveia, e flocos de arroz), sementes (castanha de caju, amendoim e castanha-do-pará) e açúcar mascavo. Foi inventada em 1886 por um médico suíço.

 

Eu tenho consumido nos meus overnights (brevemente coloco no blog a fotografia e a receita).

 

Agora retirei esta informação do mundo boa forma:

 

Veja como cada um dos benefícios da granola ocorre:

 

1 – Baixa o colesterol

As fibras solúveis encontradas na aveia são particularmente úteis para diminuir os níveis de colesterol ruim das artérias. As fibras solúveis também se ligam aos ácidos biliares e, juntos, eles quebram as moléculas de gordura, reduzindo-as e permitindo que elas atravessem o trato digestivo e sejam removidas do organismo.

 

2 – Ajuda a perder peso

O emagrecimento está entre os benefícios da granola. As fibras presentes nos cereais integrais da granola ajudam a manter a sensação de saciedade por retardarem o processo de digestão, por isso a granola é indicada para pessoas que precisam comer menos. Embora alguns ingredientes da granola possam ser mais calóricos, como as castanhas, a energia que elas trazem ao organismo e os benefícios das fibras no trato intestinal, justificam seu consumo por pacientes em dieta de redução de peso. Esse benefício não é valido se a composição estiver repleta de açúcar e gorduras ruins.

 

3 – Melhora a saúde do coração

As fibras podem melhorar a saúde do coração porque literalmente removem o LDL, ou seja, o colesterol ruim das artérias, assim como outras gorduras que levam a doenças cardíacas como a aterosclerose, ataque cardíaco e derrame.

 

4 – Aumenta a energia vital

Esportistas adoram granola não só pela praticidade. Ela realmente ajuda a melhorar todo o metabolismo o que leva a um consumo eficiente de energia pelo organismo. A granola contém quase todos os minerais essenciais para a nossa saúde: Magnésio, fósforo, zinco, cobre, manganês e selênio. O magnésio, por exemplo, age em mais de 300 reações enzimáticas do organismo, incluindo a produção de energia, o uso eficiente do cálcio e a manutenção da saúde dos ossos.

 

5 – Previne anemia

Outro benefício da granola é a sua capacidade de prevenir a carência de ferro no organismo, uma vez que a aveia é uma é uma fonte significante deste mineral. Quando há falta de ferro, ocorre uma deficiência de glóbulos vermelhos no sangue, a anemia. A doença causa cansaço, dores de cabeça, problemas intestinais e dificuldade de aprendizado. Cada porção de um copo de granola possui o equivalente a um terço da necessidade diária de consumo de ferro.

 

6 – Ajuda a baixar os níveis da pressão arterial

Pressão arterial alta implica em maior risco de doenças do coração, derrame e doenças renais. De acordo com o U.S. Department of Health and Human Services (Departamento Americano de Saúde e Serviços à Pessoa), os grãos integrais como a aveia podem baixar a pressão sanguínea porque contem alta concentração de potássio e pouco sódio.

Para aumentar ainda mais a concentração de potássio na granola pode-se acrescentar frutas secas e frescas, como banana e consumi-la com leite desnatado ou iogurte natural. 

 

7 – Aumenta a cognição

A granola também é benéfica para o cérebro em vários aspectos. O ômega 3, um tipo de gordura poliinsaturada presente na granola é essencial para o bom funcionamento do cérebro. O alimento também é fonte de vitamina E, um antioxidante que protege o nosso corpo de radicais livres e melhora o funcionamento do sistema nervoso. As vitaminas do complexo B da granola, dão suporte a energia gasta no nosso metabolismo, nas funções nervosas no nosso corpo, no desenvolvimento celular e na prevenção de certas más formações no tubo neural dos bebês.

O alto teor de potássio e o baixo teor de sódio da granola funcionam como vasos dilatadores, o que diminui a pressão sanguínea, melhora a circulação do sangue e, por consequência, a oxigenação do cérebro. Isto melhora as funções cognitivas e as ligações neurais.

 

8 – Melhora a aparência da pele e dos cabelos

A vitamina E, presente em abundancia na granola é fundamental em uma série de processos no nosso corpo, incluindo os que previnem a pele do envelhecimento precoce e o fortalecimento dos cabelos. A vitamina E também melhora a saúde do coração, o que aumenta a eficiência da irrigação sanguínea nas extremidades dos folículos capilares e das unhas, melhorando a sua saúde e sua aparência.

 

9 – Ajuda a controlar o diabetes

Pacientes diabéticos que conseguem controlar o consumo diário de açúcar, também podem consumir granola em quantidades moderadas e se beneficiar das suas propriedades. Devido à alta concentração de manganês, a granola pode inclusive funcionar como um regulador do nível de açúcar no sangue através da sua capacidade de estimular ou inibir a liberação de insulina. Regular os picos de insulina no sangue é um dos maiores desafios das pessoas diabéticas.

 

10 – Ajuda na prevenção do câncer

De acordo com Julie Lanford, especialista em nutrição oncológica, os grãos integrais, as castanhas e as sementes devem fazer parte da nossa dieta porque são ricos em fibras, vitamina B e fitoquímicos que ajudam a manter as nossas células saudáveis para combater o câncer e outras doenças. Segundo ela, a granola é uma excelente fonte de todos estes alimentos “protetores” do nosso organismo. Ela estimula para que cada um prepare a sua granola em casa, usando os ingredientes que mais se adequam as necessidades de cada um. O manganês, também bastante concentrado na granola, tem propriedades antioxidantes que ajudam o organismo a se livrar dos radicais livres, responsáveis por causar mutações no DNA de células saudáveis, transformando-as em células cancerígenas.

 

De olho na composição da Granola

A granola feita com aveia e outros cereais, carrega alta concentração de fibras e ferro, enquanto as castanhas e sementes contem proteínas e gorduras insaturadas que são benéficas ao coração. Mas junto a esses benefícios, a granola pode conter alto teor calórico, gorduras prejudiciais à saúde e muito açúcar disfarçado na receita.

A mistura de carboidratos e gorduras aquecidos pode produzir algumas moléculas difíceis de serem digeridas pelo nosso corpo. Portanto, diferentes formas de preparo da granola vão resultar em diferentes composições químicas. Além disso, alguns fabricantes podem usar alimentos que funcionam somente como recheio para aumentar o volume da granola, ou seja, não tem valor nutricional significativo. Os flocos de arroz são um exemplo deste tipo de ingrediente.

O consumo moderado de granola é benéfico ao corpo em longo prazo, portanto vale a pena ter paciência e avaliar bem o produto antes de consumir. Ao comprar sua granola, inspecione o teor de açúcar e gordura.

 

Dicas a serem observadas a cerca da granola que você está comendo:

 

– Avalie a quantidade de açúcar. O ideal é que a quantidade não exceda oito gramas por porção. Fique atento a ingredientes como xarope de milho, caldo de cana, melaço, xarope de arroz ou de aveia: todos são variações de açucares.

 

– Conte as calorias. Granolas mais saudáveis não devem conter mais que 400 calorias para cada ¼ de copo, cerca de 30 gramas.

 

– Corte as gorduras extras. Procure granolas que contenham gorduras insaturadas, que são boas para o coração, e sementes com ômega 3, mas não deixe que a quantidade de gordura passe de 2 a 3 gramas para cada 30 gramas do produto.

 

– Não consuma as variedades com alto teor de gordura saturada. Muitas variedades de granola possuem gordura hidrogenada o que é um verdadeiro mal para o coração.

 

– Cuidado com os “falsos ingredientes. Alguns ingredientes servem apenas para aumentar o volume da granola, outros podem trazer malefícios à saúde como flatulência e problemas digestivos. A granola saudável deve conter ingredientes simples e conhecidos. Qualquer termo na lista de ingredientes que não faça parte do seu vocabulário deve ser investigado.

 

Fonte: wikipédia e mundo boa forma

 

Eu consumo cerca de uma colher de sopa por dia nos overnights, mas vou passar a estar atenta aos rótulos.