Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Bucha a Estica

De Bucha a Estica

Granola

granola.png

 

 

 

Nos últimos tempos fartei-me de ouvir falar da granola, mas eu não fazia ideia do que era.

 

Lá fui eu para o Google pesquisar.

 

E como sempre, “n” informações contraditórias, ora é saudável, ora não é...

 

Então na wikipédia diz que:

 

A granola consiste de uma mistura de frutas secas , grãos (fibra de trigo, aveia, e flocos de arroz), sementes (castanha de caju, amendoim e castanha-do-pará) e açúcar mascavo. Foi inventada em 1886 por um médico suíço.

 

Eu tenho consumido nos meus overnights (brevemente coloco no blog a fotografia e a receita).

 

Agora retirei esta informação do mundo boa forma:

 

Veja como cada um dos benefícios da granola ocorre:

 

1 – Baixa o colesterol

As fibras solúveis encontradas na aveia são particularmente úteis para diminuir os níveis de colesterol ruim das artérias. As fibras solúveis também se ligam aos ácidos biliares e, juntos, eles quebram as moléculas de gordura, reduzindo-as e permitindo que elas atravessem o trato digestivo e sejam removidas do organismo.

 

2 – Ajuda a perder peso

O emagrecimento está entre os benefícios da granola. As fibras presentes nos cereais integrais da granola ajudam a manter a sensação de saciedade por retardarem o processo de digestão, por isso a granola é indicada para pessoas que precisam comer menos. Embora alguns ingredientes da granola possam ser mais calóricos, como as castanhas, a energia que elas trazem ao organismo e os benefícios das fibras no trato intestinal, justificam seu consumo por pacientes em dieta de redução de peso. Esse benefício não é valido se a composição estiver repleta de açúcar e gorduras ruins.

 

3 – Melhora a saúde do coração

As fibras podem melhorar a saúde do coração porque literalmente removem o LDL, ou seja, o colesterol ruim das artérias, assim como outras gorduras que levam a doenças cardíacas como a aterosclerose, ataque cardíaco e derrame.

 

4 – Aumenta a energia vital

Esportistas adoram granola não só pela praticidade. Ela realmente ajuda a melhorar todo o metabolismo o que leva a um consumo eficiente de energia pelo organismo. A granola contém quase todos os minerais essenciais para a nossa saúde: Magnésio, fósforo, zinco, cobre, manganês e selênio. O magnésio, por exemplo, age em mais de 300 reações enzimáticas do organismo, incluindo a produção de energia, o uso eficiente do cálcio e a manutenção da saúde dos ossos.

 

5 – Previne anemia

Outro benefício da granola é a sua capacidade de prevenir a carência de ferro no organismo, uma vez que a aveia é uma é uma fonte significante deste mineral. Quando há falta de ferro, ocorre uma deficiência de glóbulos vermelhos no sangue, a anemia. A doença causa cansaço, dores de cabeça, problemas intestinais e dificuldade de aprendizado. Cada porção de um copo de granola possui o equivalente a um terço da necessidade diária de consumo de ferro.

 

6 – Ajuda a baixar os níveis da pressão arterial

Pressão arterial alta implica em maior risco de doenças do coração, derrame e doenças renais. De acordo com o U.S. Department of Health and Human Services (Departamento Americano de Saúde e Serviços à Pessoa), os grãos integrais como a aveia podem baixar a pressão sanguínea porque contem alta concentração de potássio e pouco sódio.

Para aumentar ainda mais a concentração de potássio na granola pode-se acrescentar frutas secas e frescas, como banana e consumi-la com leite desnatado ou iogurte natural. 

 

7 – Aumenta a cognição

A granola também é benéfica para o cérebro em vários aspectos. O ômega 3, um tipo de gordura poliinsaturada presente na granola é essencial para o bom funcionamento do cérebro. O alimento também é fonte de vitamina E, um antioxidante que protege o nosso corpo de radicais livres e melhora o funcionamento do sistema nervoso. As vitaminas do complexo B da granola, dão suporte a energia gasta no nosso metabolismo, nas funções nervosas no nosso corpo, no desenvolvimento celular e na prevenção de certas más formações no tubo neural dos bebês.

O alto teor de potássio e o baixo teor de sódio da granola funcionam como vasos dilatadores, o que diminui a pressão sanguínea, melhora a circulação do sangue e, por consequência, a oxigenação do cérebro. Isto melhora as funções cognitivas e as ligações neurais.

 

8 – Melhora a aparência da pele e dos cabelos

A vitamina E, presente em abundancia na granola é fundamental em uma série de processos no nosso corpo, incluindo os que previnem a pele do envelhecimento precoce e o fortalecimento dos cabelos. A vitamina E também melhora a saúde do coração, o que aumenta a eficiência da irrigação sanguínea nas extremidades dos folículos capilares e das unhas, melhorando a sua saúde e sua aparência.

 

9 – Ajuda a controlar o diabetes

Pacientes diabéticos que conseguem controlar o consumo diário de açúcar, também podem consumir granola em quantidades moderadas e se beneficiar das suas propriedades. Devido à alta concentração de manganês, a granola pode inclusive funcionar como um regulador do nível de açúcar no sangue através da sua capacidade de estimular ou inibir a liberação de insulina. Regular os picos de insulina no sangue é um dos maiores desafios das pessoas diabéticas.

 

10 – Ajuda na prevenção do câncer

De acordo com Julie Lanford, especialista em nutrição oncológica, os grãos integrais, as castanhas e as sementes devem fazer parte da nossa dieta porque são ricos em fibras, vitamina B e fitoquímicos que ajudam a manter as nossas células saudáveis para combater o câncer e outras doenças. Segundo ela, a granola é uma excelente fonte de todos estes alimentos “protetores” do nosso organismo. Ela estimula para que cada um prepare a sua granola em casa, usando os ingredientes que mais se adequam as necessidades de cada um. O manganês, também bastante concentrado na granola, tem propriedades antioxidantes que ajudam o organismo a se livrar dos radicais livres, responsáveis por causar mutações no DNA de células saudáveis, transformando-as em células cancerígenas.

 

De olho na composição da Granola

A granola feita com aveia e outros cereais, carrega alta concentração de fibras e ferro, enquanto as castanhas e sementes contem proteínas e gorduras insaturadas que são benéficas ao coração. Mas junto a esses benefícios, a granola pode conter alto teor calórico, gorduras prejudiciais à saúde e muito açúcar disfarçado na receita.

A mistura de carboidratos e gorduras aquecidos pode produzir algumas moléculas difíceis de serem digeridas pelo nosso corpo. Portanto, diferentes formas de preparo da granola vão resultar em diferentes composições químicas. Além disso, alguns fabricantes podem usar alimentos que funcionam somente como recheio para aumentar o volume da granola, ou seja, não tem valor nutricional significativo. Os flocos de arroz são um exemplo deste tipo de ingrediente.

O consumo moderado de granola é benéfico ao corpo em longo prazo, portanto vale a pena ter paciência e avaliar bem o produto antes de consumir. Ao comprar sua granola, inspecione o teor de açúcar e gordura.

 

Dicas a serem observadas a cerca da granola que você está comendo:

 

– Avalie a quantidade de açúcar. O ideal é que a quantidade não exceda oito gramas por porção. Fique atento a ingredientes como xarope de milho, caldo de cana, melaço, xarope de arroz ou de aveia: todos são variações de açucares.

 

– Conte as calorias. Granolas mais saudáveis não devem conter mais que 400 calorias para cada ¼ de copo, cerca de 30 gramas.

 

– Corte as gorduras extras. Procure granolas que contenham gorduras insaturadas, que são boas para o coração, e sementes com ômega 3, mas não deixe que a quantidade de gordura passe de 2 a 3 gramas para cada 30 gramas do produto.

 

– Não consuma as variedades com alto teor de gordura saturada. Muitas variedades de granola possuem gordura hidrogenada o que é um verdadeiro mal para o coração.

 

– Cuidado com os “falsos ingredientes. Alguns ingredientes servem apenas para aumentar o volume da granola, outros podem trazer malefícios à saúde como flatulência e problemas digestivos. A granola saudável deve conter ingredientes simples e conhecidos. Qualquer termo na lista de ingredientes que não faça parte do seu vocabulário deve ser investigado.

 

Fonte: wikipédia e mundo boa forma

 

Eu consumo cerca de uma colher de sopa por dia nos overnights, mas vou passar a estar atenta aos rótulos.

10 comentários

Comentar post